quarta-feira, 6 de junho de 2018

Mulher Estranha "Historia Assombrosa 27"


Hoje as cinco da manhã minha avó me ligou, disse que estava sentindo a morte chegar, eu fiquei bem preocupado e sem pensar muito fui o mais depressa possível até a casa dela. Chegando lá encontrei ela sentada na sala toda vestida de branco.

- Olha Lucas você acha que ela vai gostar dessa roupa? – Ela me perguntou de uma forma bem calma.

- É... ela quem?

- Oras menino a morte. Ela me avisou que vinha hoje, então preciso me arrumar. – Fiquei sem chão quando ela me falou isso.

- Para de falar isso vó, ninguém vai levar a senhora não.

Mesmo sabendo que minha avó já não estava com a cabeça muito boa fiquei meio incomodado com isso, eu estava com um pressentimento estranho de que algo ruim iria acontecer, por isso resolvi ficar perto dela só para garantir que nada acontecesse.

Eu estava com sono, tinha ido dormir bem tarde na noite passada e ainda não era nem 6 da manhã, fiz um café e chamei minha vó para tomar também ela pegou um pote de bolachas e começamos a comer e conversar sobre coisas banais do dia a dia, porem de vez em quando ela falava que estava ouvindo vozes chamando por ela, eu sempre desconversava e mudava rapidamente de assunto.

O café terminou e levei-a para o quarto, deitei ela na cama, liguei a tv e fiquei sentado ao seu lado assistindo junto, as horas foram passando acabei pegado no sono e quando dei por mim já era quase meio dia quando olhei para a cama da minha avó, e notei a sua falta fiquei desesperado e fui procura-la, quando cheguei na cozinha lá estava ela serena e cantarolando enquanto preparava algo no fogão, ao perceber que eu estava na porta ela se virou e disse.

- O almoço está quase pronto, fiquei arrependida por ter te acordado logo cedo então resolvi prepara seu prato preferido.

- Vó, você não precisa se preocupar comigo, eu é que tenho que cuidar da senhora.
- Nada disso, os mais velhos que cuidam dos jovens.

Fiquei bem mais tranquilo ao ver ela vestida de forma normal e cozinhando como sempre fazia, fui me sentar no sofá da sala para esperar ela terminar o almoço, não se passou muito tempo quando ela veio até a sala.

- Lucas você poderia ir até a vendinha da esquina comprar um refrigerante?

- E deixar você sozinha?

- Menino a vendinha é logo ali do lado, e eu não sou nenhum tipo de criancinha para ter uma babá.

- Tudo bem, mas não saia de casa ok. – ela concordou com a cabeça e fez uma careta.

Sai da casa e tranquei o portão, da frente da casa já dava para ver a quitandinha onde minha avó sempre comprava as coisas, comecei a subir a rua e quando estava quase chegando na quitanda cruzei com uma mulher muito estranha, ela usava um véu e seu rosto era bem estranho, ao passar do lado dela senti algo estranho, pensei em continuar meu caminho, porem não conseguia parar de pensar na sensação estranha que aquela mulher me passou fui me virar para ver para aonde aquela mulher estava indo, e quando me virei ela estava parada na frente da casa da minha avó, algo impossível já que ela havia acabado de passar por mim, liguei rapidamente os pontos e sai logo correndo em direção a casa da minha avó, mas a estranha mulher desapareceu e quando eu entrei na casa minha avó estava caída no chão já sem vida.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Review Nerd Burro de Rá-Tim-Boo


Hey turminha hoje eu resolvi fazer uma review do quadrinho Rá-Tim-Boo do Heitor Amatsu que além de ter uma arte e roteiro incrível ainda reserva um belo suspense, então chamem os amigos e prepare aquele bolo de aniversario, mas nunca repita as palavras ra-tim-bum.

Sinopse: Você nunca deve dizer Rá-Tim-Bum no a
niversário de alguém, pois isso atrai o Papa-Almas um fantasma que suga seu tempo de vida a cada ano que se passa. Um dia Gabriela viu o Papa-Almas sugando a alma de seu pai sem ter sido dito as tais palavras, e agora ela vai atrás de respostas para esse acontecimento e também busca vingança, mas no meio de caminho ela se depara com André “o intrometido como é conhecido”, um humano que consegue aprisionar fantasmas, e juntos eles vão buscar o Papa-Almas entre outras assombrações que vagueiam por ai.

Nota: 4/5 Esse é mais um caso de quadrinho BR que tem tudo para receber nota máxima daqui a alguns volumes, já que a obra tem praticamente tudo, bons personagens, um enredo cativante, os traços são incrivelmente bonitos, e para fechar tudo isso ainda consegue nos deixar vidrado nas paginas e com gosto de quero mais a cada volume, sem duvidas Rá-Tim-Boo é uma ótima obra e você deveria ler o mais rápido possível, então não perca tempo e entre nesse link e descubra o quão bom essa obra é: https://tapas.io/heitoramatsu/series , “aqui também tem versão inglês para você mostrar pros amigos gringos”. Por enquanto é só, leiam Rá-Tim-Boo, deixem suas opiniões sobre a obra “ou da review” aqui em baixo, e até o próximo post.

quarta-feira, 30 de maio de 2018

O Amigo "Historia Assombrosa 36"


Em um dia bem monótono estava eu deitado no sofá tentando pensar em algo legal para fazer naquele dia, até que ouço a campainha de casa tocar, quando abro a porta vejo meu melhor amigo Mauricio, com um rosto triste ele começou a acenar para mim.

Eu começo a caminhar em direção a ele, mas no meio do caminho meu celular começa a tocar, eu paro de caminhar, tiro ele do bolso, e vejo que quem está me ligando é a irmã do Mauricio, eu faço um sinal para que ele espere, e me viro para atender a ligação, quando coloco o celular no ouvido ouço ela chorando, e em meio ao choro ela me informa que o Mauricio acabou de falecer em um acidente de carro.

Um calafrio corre por minha espinha, e eu paro para assimilar o que está acontecendo por alguns segundos, e quando me viro para o portão não tem mais ninguém, e por mais forte que eu seja não consegui segurar as lágrimas.

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Review Nerd Burro de Pirates!


Já faz algum tempo que não tem review aqui, e para combinar hoje vou falar de uma webcomic que esta parada a bastante tempo “desde 2014 para ser mais exato”, sem perder mais tempo peque seu tapa olho, levante a âncora e se prepare que hoje vou falar sobre Pirates! do Yuri Landim, que conta as aventuras da capitã Marina Justice junto de sua fiel tripulação.

Sinopse: A Capitã Marina Justice comanda sua tripulação de piratas por varias aventuras no mínimo excêntricas, com direito a ilhas em preto e branco com animais falantes “que são barra pesada”, piraras com pelos do corpo feitos de ouro, campeonatos de luta livre, entre outras coisas mais que esse grupo acaba se metendo por conta da capitã que faz qualquer coisa para busca mais e mais dinheiro “ela já até vendeu um rim, apesar de não se orgulhar muito disso”.

Nota 5/5 Rapaz sem duvidas a única coisa ruim dessa obra é ela ter sido interrompida, acho que qualquer um que der uma chance vai gostar dela logo de cara, e vai acabar lendo tudo muito rápido “igual a mim”, e depois vai ficar triste por ela não ter um final exatamente, os traços de inicio podem não ser os melhores, mas ao decorrer dos capitulo eles vão se aprimorando até chegar a um nível excelente, a historia vai na mesma levada, no inicio não parece grandes coisas, mas no decorrer vai melhorando até você não parar mais de ler, o ponto mais forte da obra é sem duvidas o humor que segue do inicio ao fim te fazendo rir, e a personalidade dos personagens  que vão ficando cada vez mais profundos mesmo mantendo um clima leve e bem descontraído. Caso tenha se interessado pela obra ela pode ser lida por aqui: http://www.pirates-tales.com/2004/07/quadrinhos-2.html “do primeiro até a décima segunda temporada da historia”, estando disponível tanto para leitura online quanto para download, os restantes dos capítulos “do 273 até o 280” podem ser encontrados na página do Facebook  https://www.facebook.com/PiratesHQ/ e dão inicio á décima terceira temporada, mas infelizmente não foi completa “ainda”, espero que um dia a obra retorne “pelo menos para por um fim nessa temporada que começou”.


E por hoje é só pessoal, espero que gostem, que deixem suas opiniões, e principalmente que leiam esse quadrinho “já que ele é incrível, e também porque não quero sofrer com a pausa dele sozinho”.

PS: desafio qualquer um a repetir Triple-Trio-Trinity-Triviality-Brothers três vezes rapidamente sem errar.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Review Nerd Burro de Flyp


Olá aventureiros aproveitando que o segundo capitulo dessa obra começo a ser postado hoje vou trazer a review de Flyp a webcomic do Lucas Cangussu “roteirista”, e do Henry Schumann “ilustrador”, que tipo um Zootopia só que mais legal, e no decorrer dessa review eu vou provar isso.

Sinopse: Nó “sim o nome dela é esse”, é uma pequena gatinha que sempre sonhou em se tornar uma guerreira, todos da vila em que morava eram contra essa ideia, mas isso nunca a impediu de treinar com sua espada e se preparar para alcançar esse sonho, porem uma lei decretada impediria que ela se tornasse guerreira, ela então resolve sair pelo reino de Litos para provar a todos que é mais do que capaz de ser uma ótima guerreira.

Nota: 4/5 Se você ainda não concorda que Flyp é mais legal que Zootopia deixe me mostrar alguns pontos que provam isso. Primeiro ponto, é uma historia medieval com direito a guerreiros, reinos, espadas, e até dragões “incríveis dragões”. Segundo ponto, é uma obra BR com uma qualidade incrível tanto em roteiro quanto em arte. Terceiro e ultimo ponto a protagonista é uma gatinha, e todos sabem que gatos são mais legais que coelhos. Brincadeiras à parte esse primeiro capitulo está muito bom e já dá uma pequena amostra do que está por vir, para fazer essa review eu dei uma vasculhada na página da obra e fiquei impressionado com o número de personagens, classes, e outros detalhes importantes que já estão prontos e estão só esperando a deixa para entrarem em cena na história. Caso tenha ficado interessado na obra o link para leitura é esse: https://tapas.io/episode/738915, a obra também conta com uma versão em inglês que você pode encontrar aqui: https://tapas.io/episode/740835. Se curtir muito e quiser adquirir a obra em versão física o link é esse: http://mercadoflyp.iluria.com/, além do quadrinho você pode encontrar posters, chaveiros, bottons, entre outras coisas. Enquanto é isso, eu vou ficando por aqui e até o próximo post.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Ser Adulto Não é Fácil "Historia Assombrosa 21"


Olá meu nome é Mauro, tenho 34 anos, e eu trabalho como gerente de uma empresa de bancos, mas não é bem sobre isso que venho falar com vocês. Há algum tempo venho tendo lembranças da minha juventude, quando tinha entre 16 e 18 anos não conseguia parar de pensar em arranjar um bom emprego, ter uma vida estável, e curtir bons momentos com meus amigos, e me casar com a garota da sala que eu namorava.

Foi pensando nisso que comecei a procurar formas de ganhar dinheiro desde o segundo ano do ensino médio, comecei fazendo estágios e com o dinheiro que eu ganhava, conseguia gastar com os meus amigos e ainda guardava um pouco para pagar uma faculdade e tudo mais.
Com o passar do tempo terminei o segundo e o terceiro ano, e após isso já estava pronto para começar a trabalhar, fui saltando de emprego para emprego e provavelmente devo ter experimentado os mais diversos tipos de trabalho que poderia ter tentado na época, trabalhei de caixa de mercado, frentista de posto de gasolina, fui o garoto do TI em uma empresa, entregador de jornais, vendedor e gerente em uma loja de roupas.

Fiz tudo isso com o pensamento de juntar dinheiro para uma boa faculdade, e sempre com os amigos ao meu lado e com a melhor namorada do mundo. E foi assim que após uns 4 ou 5 anos trabalhando nos mais diversos empregos que comecei a fazer minha tão sonhada faculdade, comecei fazendo administração pois sabia que iria me ajudar no emprego que estava fazendo no momento, que já era trabalhando nessa mesma empresa bancaria que estou atualmente, porem a faculdade e o trabalho tomaram muito o meu tempo, e foi nessa fase que comecei a me distanciar de meus amigos sempre que eles me chamavam para sair eu estava muito ocupado com coisas da faculdade ou do trabalho, meu relacionamento também começou a decair já que mal tinha tempo para ficar com minha namorada, mas sabia que quando terminasse a faculdade já estaria em um cargo bem remunerado e tranquilo no banco, então não me preocupei com isso.

Após terminar a faculdade de administração já estava indo bem no emprego no banco, porem havia me separado da minha namorada já que brigávamos quase diariamente por causa da minha falta de tempo, mesmo assim continuei trabalhando e estudando, e com o dinheiro que consegui juntar comecei uma pós-graduação em contabilidade, assim teria mais opções de emprego além desse onde eu estava, com o tempo acabei me tornando gerente e o salário ficou muito bom.

A situação em que estava ficou muito confortável, então decidi ficar nesse emprego até terminar a pós-graduação, pois com o salário que estava ganhando poderia tirar um tempo para curtir muito com os meus amigos e voltar a com minha namorada após terminar a pós, mas quando finalmente terminei já havia se passado muito tempo, e meus antigos amigos já não tinham mais tempo para sair, organizei encontros com a galera da empresa e até com os da faculdade, mas não era a mesma coisa.

Percebi que o tempo tinha passado e os planos que eu tinha de ter uma vida confortável haviam se realizado, porem já não tinha a companhia dos meus antigos amigos comigo, tentei das mais diversas vezes juntar toda a galera, mas nunca deu certo sempre acontecia algum imprevisto e eles tinham de desmarcar, e minha ex-namorada já estava noiva de outro cara.

Não conseguia entender o que tinha feito de errado, fiz tudo que parecia certo para ter a vida dos sonhos, trabalhei e dei o meu máximo para ter estabilidade financeira, mas sem querer acabei perdendo o que eu mais gostava, que era ter meus amigos ao meu lado para nos divertir e me casar com a garota dos meus sonhos, sei que isso pode parecer estranho vindo de um cara que está indo bem em sua vida profissional e com uma renda estável, mas a tristeza que sinto em não ter mais eles ao meu lado, é muito grande, já falei isso a eles, mas todos seguiram a vida para direções separadas.

Devo admitir que ser adulto não é fácil, é com esse pensamento que comecei a beber de forma compulsiva, e não estou conseguindo mais me manter bem perante as situações cotidianas, ainda continuo trabalhando, mas já não sinto mais vontade de ir até lá, para falar bem a verdade já não sinto mais vontade de fazer nada.

Perdi meus amigos, perdi a garota que gostava por causa da minha busca por sucesso, e nem isso consegui direito já que mesmo estando nesse cargo não me sinto feliz, tenho certeza que amanhã todos os jornais vão falar de mim e é por isso que deixo aqui essa mensagem para vocês.
Mantenha as pessoas que você ama sempre ao seu lado, pois com o passar do tempo isso será o bem mais importa na sua vida.

Antes que eu me esqueça Beatriz eu te amo, e fui um idiota em te deixar ir e agora não consigo arcar com a dor de ter perdido você. Amigos foi muito bom o tempo que passamos juntos, mas aqueles eram bons tempos que não voltam mais. E é assim que eu me despeço, deixando uma garrafa de whisky vazia, e uma carta na mesa, agora vou pular da janela do apartamento e terminar de vez com essa solidão em que eu vivo adeus.
ASS: Mauro.


Toda vida é importante e não existe nada pior do que perder a vontade de viver. Se você passa por algo parecido procure ajuda.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Review Nerd Burro de Vagantes


Hey galera aproveitando que esses dias um personagem dessa hq ganhou o Trofeu Nerd Burro resolvi trazer novamente a review de Vagantes "originalmente essa review saiu em junho de 2017", a webcomic escrita e ilustrada pelo Daniel Uires, que já conta com dois capítulos “contando com o prologo”, e logo mais tem capitulo novo então fique de olho.

Sinopse: Após eventos devastadores, a humanidade ainda tenta sobreviver em meio a uma terra cheia de criaturas estranhas, maquinas, e pesadelos, para combater esses males surgiram os Vagantes, guerreiros com força e habilidades fora do comum que após passar por árduo treinamento recebiam de um dos quatro grandes mestres uma máscara abençoada por Opimos “espero que não seja parente de certo robô que vira caminhão”, essa mascara impede que esses guerreiros sejam controlados por Pravos o lado sombrio de Opimos.
Isso ai é só algumas informações do prólogo, a historia ira girar em torno de Ninx ”a protagonista”, que vai em busca de informações sobre o que aconteceu com o mundo em um reino proibido.

Nota 4/5 Rapaz o quadrinho te impressionaria nas primeiras paginas, mas no meu caso foi antes mesmo de começar a ler “a pagina de aviso para maiores de 18 anos me deixou realmente surpreso e curioso para ver o resto”, a arte dessa obra é de encher os olhos de tão linda, a historia até então não revelou muita coisa, porem já se mostra bem firme e promete fortes emoções para o futuro, uma das coisas que mais me chamou a atenção nas paginas foi as cores usadas na obra que junto do traço do autor dão uma cara muito única para o quadrinho, fora que a interação dos personagens com os quadros é fantástica. Caso tenha se interessado pela obra o link para a leitura é esse: https://www.vagantes.com.br/capitulos-1 , o autor deixou claro que uma versão impressa da obra ira sair quando ela estiver com mais capítulos. Por enquanto essa review vai ficando por aqui e até o próximo post.  

PS: Essa hq tem um dos sites mais bonitos que já vi “serião entra lá e de uma olhada”.